25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava

O dia inicial inteiro e limpo

Onde emergimos da noite e do silêncio

E livres habitamos a substância do tempo.

(Sophia de Mello Breyner)

Anúncios

~ por mariazeca em Abril 25, 2012.

2 Respostas to “25 de Abril”

  1. é um poema. Não gosto, confesso. Não sei o que é a substância do tempo nem o que são os inicios do tempo. Mas que se esperava, esperava, nã sei é se hoje haverá a mesma coragem de então.

  2. Azar. Aprende-se – ou não – a gostar e a entender, ou pela ordem inversa. Coragem? Um destes dias veremos. A forma, essa, não tem de ser a mesma. É como os poemas… 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: