A rã cozida

Oliver Clerc, o escritor e filósofo, nesta sua breve história, põe em evidência as funestas consequências da não consciência da mudança que afecta a nossa saúde, as nossas relações, a evolução social e o ambiente.

 

A Rã, desta história, não sabia que estava a ser cozida.

 Imagine uma panela cheia de água fria na qual uma pequena e inocente  Rã, nada tranquilamente.

Uma pequena fonte de calor é colocada debaixo da panela. A água vai aquecendo lentamente.

Pouco a pouco a água vai ficando morna. A Rã , acha isso bastante agradável e continua a nadar.

A temperatura da água , porém  continua a subir.

Agora a água  já está quente demais para a Rã poder desfrutar e nadar tranquilamente.  Sente-se um pouco cansada, mas não obstante isso, não se amedronta.

Finalmente a água está realmente quente. A Rã acha isso bastante desagradável, mas já está muito debilitada e por isso aguenta e não faz nada.

A temperatura continua a subir até que a Rã morre cozida!!! 

Se a Rã tivesse sido atirada para a água, com ela já  quente, a pelo menos 50 graus,

de temperatura, ela a Rã,  com um golpe de pernas teria saltado para fora da água.

Esta situação vem provar que, quando uma mudança acontece muito lentamente, escapa à nossa consciência e não desperta na maioria dos casos qualquer reacção, revolta ou oposição da nossa parte…

Anúncios

~ por mariazeca em Novembro 15, 2011.

Uma resposta to “A rã cozida”

  1. Reblogged this on Topo da Carreira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: