Ensino articulado da música

…nalguns casos, a morte foi anunciada HOJE.

Ainda deve ir a tempo, as escolas e os alunos que

se lixem. País da treta!

 

A “morte” subitamente anunciada do acesso gratuito ao ensino

 especializado da música

 

Parece que vale tudo para o ME e para o Governo, desde que sirva os seus inconfessáveis objectivos de “poupar” dinheiros públicos à custa da educação, nem que para isso tenha de publicar um diploma a 3 de Agosto, com data de 27 de Julho, para ser aplicado (pasme-se!) a partir de 5 de Julho.

Pois foi o que aconteceu com a publicação do Despacho n.º 12522/2010, referente ao financiamento dos cursos de iniciação e dos cursos básico e secundário em regime articulado, integrado e supletivo, ministrados por estabelecimentos de ensino especializado da música da rede do ensino particular e cooperativo, cujas limitações anunciam o princípio do fim daquela modalidade de ensino.  

As novas regras de financiamento limitado apenas às entidades que tinham celebrado contratos de patrocínio com o Estado, no ano lectivo passado, não podendo exceder o valor então atribuído, impedem que maior número de alunos tenha acesso ao ensino gratuito da música, em regime articulado. E tudo isto acontece em fase adiantada de preparação do ano lectivo de 2010/2011, quando nada o faria supor, tanto mais que as regras publicadas, em Julho, pela a ANQ (Agência Nacional para a Qualificação) referentes ao financiamento para o próximo ano lectivo não deixavam antever estas alterações. Aliás, tais restrições acontecem pouco tempo após a Ministra da Educação ter assinalado o ensino articulado da música como um dos exemplos de sucesso da política educativa deste Governo.

Estas medidas do ME, na mesma linha de outras já tomadas, em período de férias do pessoal docente, e em tempo de organização do próximo ano lectivo, implicam refazer turmas e horários de alunos, nas escolas especializadas do ensino da música e nas escolas públicas que com elas estão articuladas. Implicam ainda a alteração de horários de docentes, a dispensa daqueles que já tinham sido contratados pelas escolas a contar com o aumento do número de alunos.
É mais um sinal eloquente de que vale tudo para o ME desde que sirva os seus inconfessáveis objectivos de “poupar” dinheiros públicos à custa da educação, cumprindo cegamente os desígnios economicistas do PEC. Vale mesmo tudo, nem que seja desfazer o que foi feito e desorganizar o que foi organizado.

A FENPROF não pode deixar de denunciar mais estas medidas restritivas e arbitrárias tomadas pelo ME, sem qualquer justificação plausível e que vêm frustrar expectativas criadas nos últimos 2 anos, quanto ao acesso gratuito ao ensino especializado da música, num país em que as escolas públicas de ensino da música são em número reduzidíssimo e não se conhece qualquer intenção do ME/Governo em alargar esta rede, sendo, por isso, neste caso, inevitavelmente, as escolas privadas a prestar um serviço educativo de interesse inegavelmente público, particularmente no interior já tão desfavorecido.

Secretariado Nacional da FENPROF
23/08/2010

Para os menos atentos, aqui estava…

Anúncios

~ por mariazeca em Setembro 10, 2010.

2 Respostas to “Ensino articulado da música”

  1. Em Vila do Conde a Academia enquadrou-se nas Instituições cujo valor do ano anterior não podia ser ultrapassado.
    O que aconteceu?
    Dos 40 alunos pre-inscritos seleccionaram 24 escolhendo os alunos que podiam pagar uma mensalidade de 100 Euros no 1º Ciclo.
    Ou seja, os alunos com mais condições são aqueles a quem os Estado vai permitir ter um ensino de musica gratuito.

    A isto é o que chamamos igualdade de oportunidades.

    O novo Ensino Publico.

  2. O 1º Ciclo não tem articulado, não há confusão???
    O resto, pois…
    Qual ensino da música gratuito??? 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: